fbpx
Evite os erros mais comuns em campanhas de Google Adwords!

Evite os erros mais comuns em campanhas de Google Adwords!

Tenho acompanhado diversos casos de empreendedores acreditando que o Google Adwords é a solução para todos os seus problemas. Recebo muitas dúvidas de empreendedores questionando porque suas campanhas no Google Adwords não tem dado o retorno esperado.

Muitos empreendedores acreditam que basta criar uma conta no Google Adwords , colocar créditos , configurar um anúncio e esperar o milagre acontecer , e para o desespero de muitas ver o pouco dinheiro que direcionam para marketing ir diretamente para o ralo sem retorno algum. Automaticamente o Google vai de mocinho a vilão da história , pois perde-se muito dinheiro e em pouco tempo.

Os erros mais comuns cometidos por empreendedores :

  • Não planejar as campanhas
  • Não possuir planejamento comercial e de marketing alinhados ao uso da ferramenta de links patrocinados
  • Não conhecer o mercado de atuação e consumidores
  • Desconhecer os concorrentes
  • Fazer campanhas somente em momentos de crise ou de baixa nas vendas
  • Site desatualizado , não compatível com dispositivos móveis e comunicação falha

A maioria desconhece ou simplesmente esquece que o Google Adwords é apenas um canal , uma ferramenta de marketing para conectar “clientes/compradores/usuários “ a “produtos/serviços” de forma mais assertiva possível e do mesmo jeito que qualquer outro canal online( Facebook , Instagram , Blogs ) ou offline (Revistas , Jornais , Panfletos ) é preciso adotar uma estratégia alinhada aos objetivos da empresa.

Os problemas listados acima são apenas alguns dos muitos prováveis em seus processos de vendas , alguns empreendedores possuem muito mais problemas do que os listados acima , não levam em consideração que as empresas bem sucedidas possuem profissionais competentes por trás , planejamento e estratégia de marketing envolvidos.

Infelizmente não é fácil desenvolver a estratégia de marketing de uma empresa , é preciso profissionais qualificados com anos de experiência.Mas e no seu caso empreendedor solo que faz tudo sozinho , como resolver fazer isso com os poucos recursos que tem ?

Fácil não é , principalmente se você não é um profissional de marketing que resolveu empreender , mas é bom começar o quanto antes e aprender pelo menos os 4 ps do marketing Preço, Praça, Produto, Promoção que compõem o famoso Mix de marketing para uma boa estratégia .Para te ajudar nesta tarefa você pode utilizar ferramentas como o Canvas , fácil e intuitiva , vai lhe ajudar a organizar as informações necessárias.

Além de conhecimento sobre os 4 ps do marketing que compõem uma boa estratégia , outro ponto de extrema importância são informações detalhadas sobre o comportamento do seu consumidor/usuário/lead (pessoa interessada no seu produto) .

Recomendo que utilize a elaboração de Personas ,que nada mais é que um personagem que simula as preferências do seu lead potencial ,você simula colocando as informações no papel ou usando ferramentas online , você tem uma ideia de quantos anos ele tem , como costuma consumir o produto/serviço , qual a renda , quais canais utiliza , quais canais prefere (loja física , compras online , etc) é bom alinhar este tipo de metodologia ao levantamento de dados da base de clientes atual (se a empresa tiver).

Mesmo depois de fazer todo o trabalho de casa , ainda não consegue desenvolver campanhas que gerem resultado ou mesmo não quer fazer por falta de tempo?

O que fazer neste caso ?

Recomendo que contrate uma empresa especializada , mas não estas que prometem resultados extraordinários ,pois o sucesso de campanhas em qualquer canal que seja é o conhecimento do mercado de atuação , se a empresa lhe promete milagres , mas não lhe mandou sequer um formulário de pesquisa procurando entender seu nicho de atuação , fique alerta , pois é bem possível que esta empresa não seja idônea .

Recomendo mais ainda que procure entender como funciona a ferramenta de links patrocinados do Google Adwords , porque sem entender como funciona será difícil acompanhar o que a empresa ou profissional que contratou esta fazendo , se os anúncios estão dentro das regras do Google , se as palavras chaves são adequadas ao seu nicho de atuação e principalmente como esta a sua conversão (contatos recebidos , contratos fechados).

São apenas algumas dicas para reflexão , infelizmente tenho visto muita gente perder dinheiro , muitas vezes o único dinheiro , para investir em campanhas do Google Adwords, por acreditar que os links patrocinados são milagrosos e resolve todos os problemas.

Em alguns casos o Google pode não ser a melhor estratégia para o seu negócio ,mas para alguns é essencial , por isso é preciso analisar , estudar ou buscar ajuda de empresas que te auxiliem , mas não delegue totalmente a responsabilidade , pois o sucesso da sua empresa depende de você , se você acha chato , não quer perder tempo , você tem grandes chances de perder muito dinheiro e não ter o sucesso que almeja para sua empresa, você não precisa ser um expert ,mas precisa entender como funciona para poder cobrar resultado.

5 Dicas Para Você Aproveitar Corretamente As Datas Sazonais E Vender Ainda Mais

5 Dicas Para Você Aproveitar Corretamente As Datas Sazonais E Vender Ainda Mais

5 dicas para aproveitar corretamente as datas sazonais e vender ainda mais

Com o dia das mães batendo na porta do varejo surge uma pergunta que não se deve calar: você está aproveitando bem as datas sazonais para aumentar as suas vendas ou deixa tudo para última hora e faz as mesmas promoções de sempre?

A contagem do calendário do varejo é diferente do calendário das pessoas comuns. Se no ano temos 12 meses e 365 dias, no varejo os meses se baseiam principalmente nas datas com maior pico de vendas, as datas sazonais. Mas veja, antes de investir os seus esforços em todas as datas comemorativas é preciso planejamento estratégico e para te ajudar com isso, separamos 5 dicas para você aproveitar corretamente as datas sazonais e vender ainda mais.

Vem com a gente!

#1: Antes de tudo entenda o seu negócio

Como estávamos falando, antes que você invista todas as suas cartas em uma determinada data comemorativa, como o dia das mães, por exemplo, é preciso saber se o seu negócio conversa com a data, ou seja, se seus produtos realmente são interessantes para O Dia em questão. Além disso, reveja seu pico de vendas nesta data nos anos anteriores. Se você não fazia o balanço e os registros de vendas em datas sazonais, esse é um ótimo momento para começar.

#2: Saia do quadrado e seja criativo

Agora que você já fez o balanço das vendas do último ano junto com as estratégias de comunicação que você usou na data, reflita se esse é o momento de mudar de estratégia, anuncie o seu produto de forma criativa e saia do quadrado dos anúncios e promoções manjadas.

Vamos lá, pensando que você vai fazer uma ação promocional para o dia das mães, mas o seu negócio é um supermercado de bairro, o que você pode fazer para atrair mais vendas, mesmo o seu negócio não lidando diretamente com produtos para o dia das mães?

Uma coisa tenho escutado falar muito nos últimos tempos e que vem se tornando cada dia mais real para mim, é “a experiência do usuário”. Estamos passando por uma fase onde todos queremos ser surpreendidos e sentir “algo”, uma conexão com os serviços que estamos adquirindo. Qual será então a promoção mais atraente para o seu supermercado: Uma cesta de produtos ou a experiência de ter em um espaço um jantar exclusivo para algumas mães selecionadas?

#3: Dê atenção ao estoque!

Esse é um ponto onde o planejamento é crucial e aquele tão falado balanço que mencionei na dica número 1 entra em evidência. Imagine que você criou uma super promoção, caprichou na comunicação, mas esqueceu de abastecer o seu estoque ou pior, como não tinha uma perspectiva de vendas criada através do planejamento, subestimou a data e não conseguiu atender a demanda. Para isso não acontecer, invista atenção no seu estoque, principalmente naqueles produtos ou serviços que com base na sua pesquisa dos anos anteriores, têm maior sucesso de vendas.

#4: Invista na capacitação dos seus vendedores

Um dos grandes erros de algumas empresas e gestores, no meu ponto de vista, é não perceber a importância de investir em pessoas: não conhecer a fundo a equipe com quem trabalha e principalmente não investir em capacitação. Tenha certeza, uma equipe sinérgica e bem preparada é grande responsável pelo sucesso de suas ações estratégicas para datas sazonais.

#5 Agregue valor ao seu produto

Como já disse antes, mais que um produto ou um serviço, nós compramos experiências e também ideias, satisfação pessoal, benefícios, beleza e reconhecimento na marca/produto, e em tempos de concorrência acirrada e comprador mais seletivo, agregar valor ao seu produto é imprescindível para fisgar seus futuros clientes e ainda mais, fidelizá-los.

Por esse motivo, além de criar embalagens personalizadas transformando os seus produtos em “únicos e especiais”, invista em vantagens como frete gratuito, garantia estendida; e é claro, valores não tangíveis como facilidade na comunicação, atendimento extraordinário e um pós venda de deixar a concorrência gastando lencinhos de papel!

Artigo por: Vanessa Fontes, redatora publicitária

9 ferramentas gratuitas (ou bem acessíveis) para ajudar novos empreendedores

9 ferramentas gratuitas (ou bem acessíveis) para ajudar novos empreendedores

No começo, todo negócio tende a ser uma verdadeira jornada de superação. São tantos assuntos a resolver e áreas para administrar que alguns empreendedores esquecem a importância de se ter uma presença digital.

Nos últimos anos, a forma das pessoas de consumir e se comunicar tem mudado bastante e para as empresas, estar online, possuir uma comunicação através de site e redes sociais significa EXISTIR, não apenas para seus clientes, mas também para a concorrência. Uma boa comunicação é capaz de aproximar sua empresa de seus clientes, fazê-los conhecer e divulgar sua marca para seus círculos de amizades.

Se você já possui um orçamento pré definido para a comunicação online, o ideal é contratar uma agência ou procurar um profissional que vai desenvolver o seu site, gerenciar suas redes sociais, criar campanhas, artigos e estratégia de marketing digital para sua empresa. É possível encontrar esses profissionais através de redes e grupos de apoio como a Rede Dots ou site de freelancers como a 99Freelas, Workana, entre outros.

Agora, se você ainda não possui verba para comunicação não deixe de começar esse trabalho, faça você mesmo! Para isso, separamos 9 ferramentas gratuitas ou que custam menos de R$50 e que podem ser muito úteis nessa sua jornada digital.

1- Verifique a disponibilidade do seu domínio através do NameChechr

Se você já possui o nome da sua empresa registrado para atuar fora do ambiente virtual, eu preciso te alertar que para utilizar no digital também precisa de registro.

O NameChechr é uma ferramenta simples que permite que você verifique a disponibilidade do nome da sua empresa em diversos sites como Youtube, Facebook, instagram e também em todas as terminações de domínios (.com, .org, .com.br, .me).

Prós: é uma ferramenta capaz de monitorar a disponibilidade do nome em diversos sites e domínios

Contras: Não identificamos

Valor: GRATUITO

2- Crie o seu site + Dominio Gratis + Email Profissional através do Locaweb

Através do Locaweb você pode criar o seu site responsivo (que se ajustam automaticamente para computador, celular ou tablet) com domínio grátis e ainda 10GB de espaço em sua conta de e-mail profissional.

Prós: em uma única ferramenta você consegue ter o seu site com meios de pagamento integrado para você fazer suas vendas, domínio, e-mail e fazer um monitoramento através da ferramenta gratuita do Google o Google Analytics

Contras: não tem plano gratuito, apenas teste de 15 dias.

Valor: o plano mais caro custa R$178 no primeiro ano.

3- Crie seu e-mail profissional gratuito através do Zoho Vault

Se você já tem o seu domínio o próximo passo é criar um e-mail para se comunicar com os seus clientes. O Zoho Vault é uma excelente opção para você que está começando. A ferramenta permite a hospedagem de um domínio único e acesso ao webmail com espaço de 5GB e limite de anexação de 20MB para até 25 usuários da sua empresa.

Prós: ferramenta gratuita e fácil utilização

Contras: o site é em inglês, mas se você não entende o idioma nada que uma extensão do Google Tradutor não resolva

Valor: GRATUITO

4- Crie o seu site com o WIX

O Wix é uma excelente opção para você desenvolver o seu site do seu jeito e voltado para sua necessidade: oferece centenas de templates, páginas ilimitadas e responsivas, hospedagem profissional, facilita a otimização para aparecer nos buscadores como Google, Bing, Yahoo, etc… Tudo isso totalmente GRÁTIS.

Prós: ferramenta de fácil utilização e possui plano gratuito

Contras: para ter mais funcionalidades e o seu domínio é preciso contratar o plano PRO que varia de R$9 a R$57 por mês

Valor: Possui plano GRATUITO

5- Envie e-mail marketing para seus clientes através do Mailchimp

Se você deseja estar ainda mais próximo do seu cliente, enviando e-mails personalizados com dicas, sugestões e promoções, o Mailchimp pode ser uma ferramenta para você! Se você tiver 2.000 ou menos assinantes, você pode enviar até 12.000 e-mails por mês absolutamente livre. Sem expirar, sem contrato ou cartão de crédito.

Prós: envio gratuito de e-mail marketing, diversos templates, ferramenta intuitiva e controle de abertura de e-mails e relatórios.

Contras: Não vimos nenhum contra essa ferramenta, embora ela seja em inglês é de fácil utilização.

Valor: Possui plano GRATUITO

6- Crie pesquisas personalizadas através do TypeForm para alavancar suas estratégias

Através do TypeForm você pode criar pesquisas e formulários totalmente personalizados e interativos. Com o plano gratuito o usuário tem direito a 100 respostas com 10 campos por Typeform, métricas/relatórios e tabulação de respostas.

Prós: criar formulários dinâmicos e personalizados que auxiliam na comunicação empresarial, possui uma interface intuitiva e bom suporte

Contras: o plano gratuito limita a quantidade de respostas, além do acesso a algumas ferramentas de personalização como retirar logotipo da Typeform, templates, etc.

Valor: Possui plano GRATUITO

7- Organize seu trabalho e equipe através do Trello

O Trello é uma das ferramentas mais intuitivas e eficientes que eu encontrei até hoje para gerenciar os trabalhos. Através de quadros é possível organizar os trabalhos, dividir em etapas, delegar processos e acompanhar o progresso de cada tarefa.

Prós: É possível fazer praticamente tudo com a versão gratuita. Ela atende muito bem a demanda de uma equipe pequena.

Contras: Não vimos nenhum contra na ferramenta

Valor: Possui plano GRATUITO

8- Crie artes para redes sociais e redimensione-as com o Crello

Se você não entende muito de programas de edição como o photoshop, o Crello pode atender a sua demanda inicial. Em sua versão gratuita o site possui diversas imagens gratuitas, fontes e uma interface muito intuitiva para você criar as suas artes para diferentes redes sociais sem complicação.

Prós: Para quem não tem conhecimento em edição de imagem é uma ferramenta que auxilia muito na criação de identidade digital, além de brincar com a criatividade do usuário

Contras: Não é possível fazer artes mais elaboradas.

Valor: GRATUITO porém algumas imagens são pagas

9- Agende suas postagens e obtenha relatórios de resultados com o Mlabs

Com o Mlabs você pode fazer o agendamento de posts (com GIFs, Vídeos, Textos, Links e Imagens) para Instagram, Facebook, Twitter, Linkedin, Youtube e Pinterest e ainda receber relatório do progresso nas redes sociais da sua empresa.

Prós: praticidade. Você pode agendar posts da semana inteira em diferentes redes sociais e economizar tempo. Também é excelente para reunir todas as suas redes em um só lugar com apenas uma senha.

Contras: Não possui conta gratuita e não faz agendamento para Youtube.

Valor: Varia de R$5,90 a R$1270,75/mês de acordo com o número de contas que você deseja gerenciar.

Escrito por: Vanessa Fontes

Redatora e mulher empreendedora

Inbound , Outbound , afinal o que é isso?

Inbound , Outbound , afinal o que é isso?

Quando nos deparamos com estes termos , a primeira coisa que vem a cabeça é que seja algo extremamente novo , inovador e difícil de entender.

A sensação de desespero logo bate e a maioria dos empreendedores correm para adotar as novas metodologias e usam os novos “jargões ” o tempo todo , inbound isso , outbound aquilo e quem não conhece se sente perdido , deslocado , acreditando que precisa voltar para a Faculdade ou fazer um curso de algumas centenas de reais.

Mas não é bem assim , se estiver se sentindo assim como eu me senti a menos de dois anos atrás , não se preocupe ,vou lhe explicar.

Inbound nada mais é do que uma nova denominação para “vendas internas” , aquelas que acontecem sem precisar que você saia atrás dos clientes, se tornou termo e função mandatória em Startups brasileiras nos últimos anos , o termo surgiu do livro de cabeceira dos “CEOS” do Vale do Silício chamado ” Receita Previsível “(Predictable Revenue) .

Outbound também saiu de lá e nada mais é do que um processo , uma venda que acontece de forma ordenada com especialização em cada etapa de uma venda ativa , a venda ativa é aquela onde a empresa vai atrás do cliente, entende quais são as principais dificuldades do seu lead e apresenta uma solução , parece difícil e as vezes realmente é muito difícil , pois em empresas de qualquer porte , vendas é o calcanhar de aquiles .

Recomendo a leitura do Receita previsível (custa menos de 35 reais na Amazon) , o autor organizou os processos de Inbound e Outbound de forma que qualquer pessoa ,por mais leiga que seja no assunto , possa adotar os processos.

Vendas é sempre um assunto recorrente e doloroso , muitas empresas não se preocupam e só buscam adotar processos quando a situação não esta nada boa , o que acaba por dificultar os resultados. Se perdem em meio ao caos causado pela falta de clientes.

Com um pouco de dedicação e planejamento qualquer empreendedor pode aprender e transformar a realidade da empresa , nada substitui a experiência , por isso recomendo fortemente que sempre procurem pessoas especializadas , seja através de uma consultoria ou contratando um profissional com experiência e resultados comprovados.

Nada é tão difícil quanto parece , basta um pouco de boa vontade para acompanhar o que esta acontecendo no mercado , hoje com a facilidade que temos de buscar tudo a um toque ou apenas com um Ok Google ,não tem desculpa, esta cada vez mais fácil se manter atualizado.

Se mesmo com uma ajudinha aqui com as nossas dicas , não esta conseguindo colocar suas estratégias para rodar e continua com dificuldades em suas vendas , não se acanhe , fale conosco , somos especializados em gestão e processos comerciais , conseguiremos te auxiliar a tirar suas metas do papel.

Obrigada por nos seguir por aqui!

Amanda Lima

Empreendedora , proprietária da Kawis , escolhida como uma das 20 empreendedoras mais promissoras pela Liberty Seguros em 2017.

6 Dicas Infalíveis Para Fidelizar Clientes Em 2020

6 Dicas Infalíveis Para Fidelizar Clientes Em 2020

O ano de 2019 pode ter sido muito desafiador para algumas empresas e profissionais, mas é com os desafios que precisamos aprender. Não podemos enxergar as barreiras e as dificuldades como coisas apenas ruins, são elas que nos dão a garra para buscar soluções, verificar a eficácia dos caminhos escolhidos e o melhor, nos dão a percepção de que é preciso mudar. É preciso mudar em 2020, é preciso mudar nossa estratégia de vendas que não deu muito certo, e digo mais, é preciso fidelizar clientes! É sobre isso que vamos tratar nesse artigo.

A fidelização é tão importante quanto adquirir novos compradores. Afinal, cliente fiel é um cliente satisfeito, que consequentemente vai comprar mais com você, vai citar a sua empresa em roda de amigos e o melhor, vai indicar o seu negócio para novos clientes fiéis, gerando mais receita para sua empresa e tornando-a mais conceituada e conhecida.

Mas como fidelizar seus clientes? Como tornar o consumidor mais exigente do século seu ‘brand lover’¹? É o que você vai descobrir agora, afinal 2020 é o ano da colheita e temos que colher clientes que acreditam em nosso negócio e estão dispostos a ser nossos advogados da marca!

#1 : Um Bom Atendimento É Indispensável

“A primeira impressão é a que fica”, essa é uma frase batida que ainda faz todo sentido, inclusive no mundo das vendas. Não falo de aparência, falo do atendimento que deve ser uma experiência incrível ao cliente, algo que ele vai lembrar e comentar na roda de amigos.

Atender o cliente com aquela ideia de “Ah, ele não tem cara de quem vai comprar mesmo” é um grande erro de muitos vendedores.

Simpatia e agilidade para entender o que o seu possível comprador quer é o caminho mais seguro para se tornar um vendedor querido e fidelizar ainda mais clientes. Pode ter certeza que dá próxima vez que esse cliente voltar ele vai querer falar com você.

Como fazer um bom atendimento? Esse vai ser assunto de um dos meus próximos artigos!

#2: Seja O Melhor Amigo Do Seu Cliente

Você precisa conhece-lo, saber suas preferências, entender suas necessidades. É dessa forma que você vai conseguir oferecer na hora do atendimento, exatamente aquilo que ele precisa. É importante ressaltar que o cliente não é mais um ‘date’² qualquer, você quer um relacionamento longo e duradouro com ele, por isso faça bem o pós venda: mande um cartão personalizado para esse cliente, mande um sms, um e-mail. Seja humano, isso faz toda a diferença. Não trate seu cliente como números, vocês devem ser bons amigos!

#3: Comunicação É Tudo E Tudo É Comunicação

Acredito que a base da fidelização, aliás, de uma empresa é a comunicação. É ela que faz com que o nosso atendimento seja impecável e nos ajuda a passar informações claras aos nosso clientes, sem ruídos.

#4: Saiba Mais Sobre O Seu Negócio

Não apenas sobre a sua empresa, mas sobre o seu negócio como um todo. O macro, sabe? Se você é um vendedor de uma loja de móveis e deseja fidelizar clientes, por exemplo, precisa saber sobre os tipos de madeiras, participar de feiras, conhecer tendências para poder instigar o estilo pessoal de decoração do seu cliente, e sobretudo, conhecer o seu concorrente.

Você é o melhor no que faz, tem o melhor custo benefício, tem conhecimento sobre o negócio. Se o seu cliente é fã de decoração, você deve ser o vendedor que vai poder conversar horas a fio sobre se o minimalismo é melhor que o industrial e todas as novas tendências das feiras de design de móveis e decoração.

#5: Invista Em Conhecimento

Esse é um passo muito importante para fidelizar clientes. Todos os dias existem novas tendências no mercado, e ter conhecimento, faz de você uma pessoa preparada para pegar todos os tipos de barco. Você pode navegar em uma canoa ou em um transatlântico, nada te para, pois foi criada a segurança que você precisa para exercer suas funções e fidelizar ainda mais clientes em 2020.

#6: O Depois Do Felizes Para Sempre

Vendas não é um conto de fadas que termina no “eles viveram felizes para sempre” é preciso cuidar desse cliente no pós-venda. Ele deve se sentir amparado e saber que se ele precisar, é com você que ele pode contar.

_______________________________________________________________

O significado das coisas

Brand lover¹: amante da marca. É um cliente que gosta tanto, mais tanto da marca/produto/empresa que resolve advogar a favor, gerando propaganda espontânea.

Date²: encontro casual que pode ou não virar algo sério, mas que geralmente é único e implacável!

Escrito por: Vanessa Fontes