fbpx

Branding é um conjunto de ferramentas utilizadas para fazer a gestão de uma marca, mas muito mais que isso, o branding é a forma como a marca é vista e ajuda a pensar nas ações e conteúdos que irão fazer sentido para o universo que a compõem.

Primeiro é preciso entender que branding e marca são coisas distintas, a  marca é aquilo que o seu consumidor vê e com o qual interage, o branding é o conjunto das ferramentas que faz a gestão da sua marca. 

Além disso, é comum confundir branding com identidade visual, e embora a identidade visual faça parte do branding ele vai muito além disso. 

Com as redes sociais possuindo um papel cada vez mais ativo na conversão de vendas e servindo sempre de vitrine para que o público veja, além do que a marca oferece, com o que a marca se engaja, quais são os valores e ações que a marca valoriza e quem é o público, o branding se torna uma peça chave no sucesso da marca. 

É através do branding que você criará propósito e identidade com o seu público, e dessa forma conseguir oferecer novas experiências e ser recomendado por quem se identifica com sua marca.

O que compõe o branding: 

Identidade Visual

É através da identidade visual que você vai ser lembrado pelos consumidores, por isso criar uma logo, um estilo de publicação, fontes, cores e padronagens é importante. 

A identidade visual vai ajudar você a se posicionar no mercado ao lado dos valores que sua empresa compartilha e se alinhar com o público que deseja atingir. 

E essa criação passa pela elaboração de materiais gráficos, impressos, e online, e tudo isso precisa estar alinhado e conversar bem entre si, afinal, essa vai ser a cara da sua marca. 

Como usar as redes sociais para vender

Estratégia

Na sua estratégia, a identidade visual vai te ajudar a se alinhar e transmitir aos valores não  visuais que sua marca preza, criando conexão com seus consumidores. Por isso, antes de iniciar o processo de criação da marca se pergunte:

  • O que você quer transmitir?
  • Se sua marca fosse uma pessoa, como ela seria? 
  • O que você quer que pensem quando olharem sua identidade visual?
  • Quais valores você quer reforçar?
  • Qual linguagem se adequa mais a sua identidade? Descontraída? Especializada? Formal?

A linguagem que você irá utilizar precisa estar alinhada com o seu público, mas também precisa ser adequado aos canais que você irá utilizar para se comunicar, a forma de expressar em um canal do YouTube é diferente da forma como você vai se comunicar com seus clientes pelo WhatsApp, mas independente do canal, essa linguagem precisa ser uniforme. 

Outro fator que você deve analisar é quais canais fazem mais sentido para sua estratégia. 

Você não precisa estar presente em todos os canais, mas entender qual deles faz mais sentido para seu negócio e claro, é fundamental que antes de se inserir nas redes sociais e nos canais escolhidos você tenha um bom site. 

Após a criação do site, é fundamental que seja criada uma página no Facebook, que vai servir para você se comunicar e se integrar com outras plataformas como o Instagram e WhatsApp, e embora esteja cedendo lugar a outras redes, o Facebook ainda é a maior plataforma de rede social do mundo e é um canal de comunicação direta excelente. 

Outra parte importante, é o conteúdo que você produzirá, é ele quem lhe dará visibilidade e te ajudará a aparecer nos mecanismos de buscas, por isso, é importante que ele seja relevante e esteja alinhado com a mensagem e valores que você quer passar para o seu público e tenha uma linguagem definida. 

Esses são os passos básicos do branding, que na verdade é a sua ferramenta de gestão da sua marca e vai ser o termômetro para suas avaliações. 

Um branding bem pensado e executado pode gerar muitas conversões e uma imagem estável para sua marca, afinal, é ele que vai ajudar o seu negócio  a expressar seu propósito para o mundo. 

Redação e revisão Vanessa Fontes